EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO POSSIBILIDADE DE COMPREENSÃO CRÍTICA E SUPERAÇÃO DA CONDIÇÃO DE POBREZA E DESIGUALDADE SOCIAL

Lana Glayce Dias Ferreira Pontes, Marilena Loureiro

Resumo


Este artigo objetiva compreender a relação entre a educação, a pobreza e a desigual- dade social no Município de Itaituba - Estado do Pará - Brasil. Examina-se o programa Bolsa Família, procurando compreender se esse programa possibilita, ou incentiva, a permanência dos alunos na escola, tendo como base os dados obtidos na pesquisa de campo realizada no município, coletados entre janeiro e fevereiro de 2017. Tendo em vista que a educação ambiental busca ultrapassar os limites dos muros da educação formal, transcendendo os limites do campo científico e estabelecendo um diálogo com os vários segmentos da sociedade. Cunha (2001) a rompe com as perspectivas lineares, fragmentárias, coisificadoras e unidimensionais, calcadas em estruturas totalitárias, pro- pondo a possibilidade de realizar uma educação que estabeleça relações claras com a condição social dos alunos, com o real compromisso e responsabilidade na construção de possibilidades de mudanças na condição social de cada aluno, a partir da realização de uma educação crítica e emancipadora, conforme Freire (2016). Segundo Leff (2001) a apropriação subjetiva da realidade imprime novos sentidos civilizatórios ao mundo. Para Amartya Sen (2010) a relação entre baixa renda e baixa capacidade (econômica, política, social, garantias de transparência, segurança) é variável entre comunidades e até mesmo entre famílias e indivíduos. Ele afirma que o impacto da renda sobre as capacidades do indivíduo são contingentes e condicionais, ou seja, que são incertas e que dependem das circunstâncias nas quais o indivíduo esta envolto, dentre elas, por exemplo, a idade, o sexo, localização, condições epidemiológicas e por outras variações sobre as quais uma pessoa pode não ter controle, ou ter controle limitado. Daí a im- portância da ação pública, através da educação e políticas públicas destinadas a reduzir a desigualdade e a pobreza e procurar atender estas variáveis.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade e Meio Ambiente. Todos os Direitos Reservados.